10 ideias para tornar um passeio cultural mais interessante para as crianças

Reis e rainhas, princesas e cavaleiros, palácios e castelos, tudo isto faz parte do imaginário infantil e nós, em Portugal, temos tantas histórias para contar! Mas é preciso ser realista: fazer um passeio cultural com crianças é muito diferente de passear sozinho ou só com adultos. Não podemos esquecer que as crianças são mais sensíveis e mais impacientes. Para que um passeio corra bem é importante considerar a idade das crianças e uma série de outros fatores que podem condicionar o passeio e torná-lo inesquecível pelas piores razões.

Planeamento

Envolva as crianças no planeamento do passeio cultural: estudem juntos sobre o que vão visitar. Descubram histórias, factos e eventos ocorridos naquele local. Leia-lhes um livro sobre o tema. Crie a magia ainda antes de lá chegar. Isto vai despertar-lhes a curiosidade.

Liberdade

Visitar um local histórico não significa ter de fazer uma visita guiada para conhecer todos os espaços. Dependendo da idade da criança, uma visita longa pode tornar-se desinteressante e acabar por estragar o vosso dia. Se durante o planeamento surgiu uma curiosidade sobre algo concreto, explorem essa zona. Outros dias virão em que a criança, mais crescida, apreciará a visita completa ao monumento ou museu.

Fotografia

Dê-lhes uma máquina fotográfica e incentive-os a fotografar o que mais gostam. Isto vai mantê-los atentos e, ao observar as fotografias, pode descobrir o que realmente os fascina.

Novas experiências

Considere algumas opções de passeio cultural com crianças que nem lhe passariam pela cabeça se fosse só com adultos: fazer um tour de autocarro para visitar uma cidade, por exemplo, pode ser uma boa ideia com crianças. Assim, podem ir conhecendo os pontos mais importantes da cidade enquanto elas descansam as pernas (e os pais aliviam o colo!).

Registos diferentes

Promova-lhes um dia divertido: se planeia uma visita a um monumento, complemente com um piquenique num parque da zona ou um fim de tarde na praia mais próxima.

Imaginação

Puxe pela imaginação e explore comparações e curiosidades pouco convencionais e, até, cómicas: “Sabes que a Torre dos Clérigos tem 75 metros de altura? Imagina, é mais ou menos a altura de 6 autocarros em pé em cima uns dos outros!!”

Sem contratempos

Informe-se com antecedência sobre pormenores importantes: como vai estar o tempo no dia em que pretende sair? É preciso andar muito a pé? Há acessibilidade para os carrinhos de bebé? É fácil apanhar transportes? Onde se pode comer? Será mais fácil contornar situações menos favoráveis se souberem com antecedência com o que contar.

Sem multidões

Evite ir para filas com crianças: sempre que possível, compre os bilhetes online. Informe-se sobre os tempos de espera e, se conseguir, fuja das horas e dos dias de maior movimento.

Sem fome

Prepare alguns snacks, leve frutos secos ou um pacote de bolachas, compre-lhe um gelado durante o passeio. Faça pequenos intervalos para petiscarem algo. Não se esqueça de lhes oferecer sempre água. Protetor solar e chapéu vão ser necessários nos dias mais quentes.

Uma recordação

Um bom passeio cultural com crianças inclui comprar uma pequena recordação para guardar em casa ou para oferecer aos avós. Descubram juntos o artesanato ou a gastronomia típica da região.

Alegria!

A ideia é passar um dia divertido em família. Por isso, planeie o passeio mas não se esforce muito por cumprir com todos os pontos previstos.  As crianças precisam de tempo para descobrir. Explorem os espaços sem pressas nem pressões. Desperte a curiosidade das crianças, transforme-se num contador de histórias, descubram juntos a magia do local.

Aproveitem e descubram juntos o Património Mundial em Portugal!

Boas visitas!!

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.