A magia da Quinta da Regaleira, em Sintra

Reconhecida pela Unesco como parte integrante da paisagem Património do Humanidade, a Quinta da Regaleira, em Sintra, é fascinante e um bom local para visitar com crianças. O misterioso palácio e o maravilhoso jardim de 4 hectares com as suas galerias subterrâneas, torres, lagos e estátuas fazem as delícias dos visitantes mais curiosos e um dos locais mais bonitos de Sintra.

A Quinta da Regaleira tem muitos segredos. Criada para ser a representação do Jardim do Eden e do microcosmo, os seus recantos secretos e símbolos misteriosos contam histórias que nos transportam para outros mundos. O melhor exemplo é o incrível Poço Iniciático. Vamos conhecer?

Regaleira: uma quinta mágica!

A Quinta da Regaleira, em Sintra, é mágica e, assim que entramos, conseguimos sentir a sua aura enigmática e esotérica. Inspirada no microcosmo, na mitologia e nas ciências ocultas, a quinta é um universo paralelo, fascinante e misterioso.

Palácio Regaleira

A primeira impressão é o palácio e a sua arquitetura original, cheia de estátuas, pináculos, gárgulas, a lembrar um castelo encantado. Mas esta arquitetura única prolonga-se por todo o jardim, com a sua vegetação luxuriante e ambientes cénicos.

Sintra Regaleira
Zigurate

Um passeio por aqui pode ser demorado e muito divertido na busca de recantos, trilhos estreitos, túneis e outros segredos que despertam a curiosidade, a dúvida e o fascínio. A magia começa ao nível do solo mas continua num plano diferente: na quinta há um mundo subterrâneo a ser descoberto!!

Galeria subterrânea Regaleira
Galeria Subterrânea

Descubra aqui 11 coisas divertidas para fazer em Sintra com crianças.

Bocadinhos de história da Quinta da Regaleira em Sintra

A Quinta da Regaleira recebeu esta designação na época em que foi habitada pela Viscondessa da Regaleira, em 1840. Quando foi comprada por António Augusto Carvalho Monteiro, no final do século XIX, manteve o nome mas a fortuna do novo proprietário levou a que o palácio ganhasse uma designação muito própria entre a população de Sintra: o “palácio do Monteiro dos Milhões”!

Carvalho Monteiro era um homem muito culto e adquiriu esta quinta em Sintra com o desejo de recriar nela os seus interesses e paixões. Para isso, procurou um arquiteto que desse forma ao que idealizava.

Entre 1904 e 1910, a quinta sofreu obras profundas,  baseadas num projeto único de arquitetura e paisagismo sob a orientação de Luigi Manini,  arquiteto e cenógrafo italiano que tinha sido responsável pela cenografia do Teatro La Scalla de Milão e autor do projeto arquitetónico do Palácio do Buçaco.

Manini soube interpretar na perfeição os desejos do proprietário. Criou um palácio encantado e um jardim composto de uma série de cenários teatrais ligados por caminhos e que representam os muitos fascínios de Carvalho Monteiro.

Regaleira
Portal dos Guardiões

As inspirações da Quinta da Regaleira

Na realidade, eram muitos os assuntos que fascinavam Carvalho Monteiro. A Natureza, o Esoterismo, a Alquimia, a Maçonaria, os Templários e a Rosa-Cruz eram assuntos apaixonantes para o proprietário da quinta. Para além disso, era um admirador da mitologia clássica e da época gloriosa dos Descobrimentos Portugueses.

Todos estes temas foram recriados cuidadosamente. A vegetação que forma os jardins e os inúmeros edifícios e esculturas foram pensadas criteriosamente:  a sua posição e sua decoração, tudo foi criado com uma intenção e um significado.

Quinta da Regaleira
Torre da Regaleira

As traças das construções e das esculturas foram inspiradas em vários estilos arquitetónicos, como o românico, o gótico, o renascentista e o manuelino, representando diferentes época da história da humanidade e obras da literatura. É esta mistura de inspirações, de estilos arquitetónicos e de simbologia que tornam a quinta única e especial.

Quinta da Regaleira
Poço Iniciático: Um mundo debaixo de terra

Sintra

 

Inspirado na Divina Comédia de Dante, foram recriados três planos existenciais distintos: o céu, a terra e o inferno, representado pelo mundo subterrâneo.

Poço Iniciático Sintra

Poço Iniciatico

A viagem ao mundo subterrâneo é conseguida através de vários túneis e galerias ligados entre si e que vão dar a diferentes locais da quinta. O seu acesso nem sempre é óbvio e percorrer as galerias subterrâneas é uma exploração divertida e dá borboletas na barriga.

Uma das entradas mais óbvias é o incrível Poço Iniciático. Trata-se de uma torre invertida, com 27 metros de profundidade e com escadas em espiral que nos levam às profundezas da terra. O local é cheio de simbolismo e acredita-se que era usado para iniciação de rituais maçónicos.

Poço Iniciático Sintra

A escadaria tem nove patamares com 15 degraus cada. No fundo, a Rosa dos Ventos está desenhada no chão e tem uma entrada para um túnel. O Poço Iniciático está ligado a outros pontos da quinta, como o Portal dos Guardiões, o Poço Imperfeito e o Lago da Cascata.

Sintra Regaleira
Lago da Cascata

 

Afinal, o que é a Divina Comédia de Dante?

A Divina Comédia é um poema épico e teológico, escrito pelo italiano Dante Alighieri no século XIV. O poema está dividido em três partes: o Inferno, o Purgatório e o Paraíso. Cada parte é composta por 33 cantos. Ao longo da história o protagonista, o próprio Dante, percorre uma viagem entre os 3 planos distintos, onde vai encontrando várias pessoas, desde amigos a figuras míticas, como Beatriz, sua musa inspiradora, e Virgílio, autor de Eneida.  O poema é cheio de simbolismos e muito descritivo e foi uma das inspirações de Carvalho Monteiro.

 

Quinta Regaleira Sintra

Tanto para descobrir!

A quinta é muito grande, misteriosa e cheia de recantos fascinantes para descobrir. Por isso, justifica-se fazer uma visita ao palácio, ao Poço Iniciático e também a outros pontos interessantes. Estes são apenas alguns:

Capela da Santíssima Trindade

Tem uma fachada neogótica com símbolos manuelinos como a Esfera Armilar e a Cruz de Cristo. No interior existe um vitral com a representação do milagre de Nossa Senhora da Nazaré e D. Fuas Roupinho e, também, uma ligação subterrânea ao palácio.

Patamar dos Deuses

Uma longa rua com estátuas de deuses da mitologia grega e romana, uma das inspirações de Carvalho Monteiro.

Zigurate e Terraço dos Mundos Celestes

Zigurate é um torreão de 5 pisos com uma vista incrível e que fica no Terraço dos Mundos Celestes, que serve de cobertura à cisterna.

Portal dos Guardiões

É uma estrutura cénica que pode ser usada como teatro ao ar livre. É também uma das entradas subterrâneas para o Poço Iniciático.

Torre da Regaleira

A Torre é anterior às construções de Carvalho Monteiro e diz-se que foi devido à vista única que a torre tem do alto e que é um “regalo” que a quinta foi designada de Regaleira.

Lago da Cascata

Uma das entradas que vão dar ao Poço Iniciático. É necessário atravessar o lago sobre as pedras para chegar à entrada da galeria subterrânea.

 

Quinta da Regaleira 4.0 – Uma aplicação orientadora

 A Quinta da Regaleira é muito grande e tem muitos locais que vão sendo descobertos ao longo do caminho. O mapa que nos é dado na entrada é uma ajuda preciosa para termos sentido de orientação. Mas o mais interessante é instalar no smartphone a aplicação QR4.0, escolhendo um circuito definido. Ao longo do trajeto várias personagens que serviram de inspiração para a quinta vão contando histórias. Elas têm muito para nos ensinar!

Todas as informações sobre uma visita à Regaleira estão no site da quinta.

Boas descobertas!!

Capela
Pormenor da Capela

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.